15% das ideias de inovação do Grupo Energisa saem de Rondônia

Propaganda do ar

Com dois projetos, profissional de Cacoal foi destaque como colaborador que apresentou mais ideias aprovadas no estado

Envolvimento das mulheres se confirma com projeto voltado para saúde e segurança.

São de Rondônia 15% das ideias de inovação apresentadas por colaboradores para melhorar processos e serviços do Grupo Energisa, que atua em 11 estados. É o que aponta levantamento do programa E-nova, lançado esse ano na concessionária para incentivar colaboradores a ter boas ideias e a colocá-las em prática. Bernardo Moreira, gerente da Energisa e líder de inovação localmente, afirma que o programa já era desenvolvimento nos outros estados nos anos anteriores.  Por isso, o engajamento dos colaboradores de Rondônia chamou tanta atenção. “Em todo o grupo, em 2021, a quantidade de propostas foi duas vezes maior do que em 2019 e três vezes mais projetos foram implantados. Isso mostra que as ideias são assertivas e vão ao encontro da proposta”, declarou, frisando que, do assistente administrativo em início da carreita ao líder, todos podem participar.

Dentre os projetos, destacam-se os que agilizam processos administrativos e gestão dentro da empresa, alinhados à estratégia de negócio de energia 4D (descarbonizada, digitalizada, descentralizada e diversificada). Supervisor de equipes de campo em Cacoal, Albert Barreto, foi consagrado como o colaborador que apresentou mais ideias aprovadas.  “A ideia surgiu durante um treinamento de resgate em torre. Junto com colegas dos setores de treinamento e segurança, montamos uma nova forma de fazer a amarração das escadas utilizando o mosquetão de paraquedista. A nova forma proporcionou mais segurança à vida dos nossos colegas e até mudou a Instrução Técnica da empresa”, explicou.

Já a inovação proposta pela analista administrativo Aline Fernandes além de agilizar a gestão, proporcionou economia de papel e otimização do tempo em campo e no escritório. “Com o formulário digital tudo ficou mais prático. Pelo celular ou notebook, o líder reporta as informações do Diálogo Diário de Segurança em campo e, aqui do administrativo conseguimos acompanhar, analisar e dar os encaminhamentos necessários. Ainda conseguimos acompanhar a evolução desses indicadores e temos base de dados para outros tipos de estudo”, frisou.

Moreira explica que para fomentar a inovação não basta apenas criar um programa, é preciso estimular e criar um ambiente receptivo para que o colaborador se sinta à vontade para ser criativo, propor e inovar. “O colaborador pode trocar informações com outras departamentos, pedir conselho e orientação. Essa troca é o que torna cada ideia viável”, complementou.

O Grupo Energisa foi eleito a empresa privada e de capital nacional mais engajada em inovação aberta do setor elétrico brasileiro segundo o ranking Top Open Corps no ano passado. Em 2020, conquistou o 3º lugar do Prêmio Valor Inovação Brasil, no setor de energia brasileiro, que considera os investimentos em inovação, melhores práticas, novos produtos e soluções, estratégias, entre outros indicadores.

Propaganda do ar

Como você avalia a gestão do Governo Marcos Rocha?

Compartilhe

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Almi Coelho

Almi Coelho

Este site acompanha casos policiais. Todos os conduzidos são tratados como suspeitos e é presumida sua inocência até que se prove o contrário. Recomenda-se ao leitor critério ao analisar as reportagens. Nós usamos cookies em nosso site para oferecer a melhor experiência possível.

Para mais informações sobre e-mail
[email protected] whatsapp(69)984065272

Comentários

Com muito ❤ por go7.site