Bolsonaro atende pedido do governador Marcos Rocha e Força Nacional começa a ope

24x31 banner gov
blank

A Força Nacional começou a operar, nesta terça-feira (15), em Rondônia para combater crimes ocorridos no campo. A ação dos reforços federais terá duração de 90 dias.

No fim de abril, o governador Marcos Rocha, acompanhado de outras autoridades, foi à Brasília pedir apoio do grupo no controle de invasões de propriedades rurais. Os episódios acontecem desde 2020 na região e têm ficado cada vez mais violentos. Os criminosos invadem as propriedades, danificam construções, furtam maquinários e torturam funcionários.

De acordo com a Secretaria de Segurança, Defesa e Cidadania de Rondônia, cerca de 95 imóveis rurais já foram invadidos pelo mesmo grupo criminoso, que chega a ocupar os espaços.

Em Brasília, a “Operação Rondônia” foi lançada pelo secretário de Operações Integradas do Ministério da Justiça e Segurança Pública, Alfredo Carrijo, ao lado do governador do estado, Marcos Rocha, e do secretário de Segurança do estado, Hélio Pachá.

De acordo com Carrijo, serão empregados recursos da Força Nacional de Segurança Pública, da Polícia Federal e da Polícia Rodoviária Federal. Ele afirma que a ação não pode ser considerada uma intervenção federal. “O estado de Rondônia manterá o controle operacional e a União vai prover recursos humanos, financeiros, logísticos e de inteligência. A paz no campo será mantida e os crimes serão punidos”, disse.

24x31 banner gov

Compartilhe

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Almi Coelho

Almi Coelho

Este site acompanha casos policiais. Todos os conduzidos são tratados como suspeitos e é presumida sua inocência até que se prove o contrário. Recomenda-se ao leitor critério ao analisar as reportagens. Nós usamos cookies em nosso site para oferecer a melhor experiência possível.

Para mais informações sobre e-mail
[email protected] whatsapp(69)984065272

Comentários

Com muito ❤ por go7.site