Corpo de irmão de adolescente morta carbonizada em 2019 é encontrado em Ariquemes

Propaganda do ar

Guilherme Oliveira, de 21 anos, foi encontrado morto nesta sexta-feira (17) às margens de um igarapé perto da BR-364, em Ariquemes (RO). O jovem desapareceu no dia 10 de abril, quando saiu de casa para buscar o carro no travessão B-40, zona rural do município.

Ele é irmão da adolescente Camila Sacoman de Oliveira, de 17 anos, que foi morta e teve o corpo carbonizado em abril do ano passado, em Buritis (RO). Segundo a polícia, o corpo de Guilherme tinha marcas de tiros.

De acordo com o boletim de ocorrência, equipes de buscas, incluindo amigos de Guilherme, acharam um corpo já em decomposição na Linha C-55 da BR-364. Conforme a polícia, Guilherme foi reconhecido por uma testemunha através de uma tatuagem e o corpo tinha lesões características de tiros.

O local onde o corpo estava foi isolado e a perícia técnica deu início aos trabalhos de investigação. Um par de chinelos e uma garrafa pet também foram encontrados na área. Um exame tanatoscópico deve descrever as causas da morte. O caso foi registrado como homicídio.

De acordo com André Ribeiro, um amigo de Guilherme, o jovem saiu de casa no dia 10 de abril de bermuda, camiseta e chinelo e disse que iria buscar o carro dele na zona rural do município. Um outro amigo do rapaz o deixou na estrada para ele esperar o veículo, e essa foi a última vez que ele foi visto.

 

“Saiu de bermuda pra voltar rapidinho, deixou o ar do quarto ligado e o tereré na mesa. Era só ir buscar o carro dele e voltar”, comentou.

Nem André, e nem o amigo que o deixou no local sabem a identidade da pessoa que estava com o carro de Guilherme. O veículo do rapaz foi encontrado no dia 14 de abril, na linha 4, da RO-470, zona rural de Nova União. O carro foi periciado e levado para o pátio da delegacia em Ouro Preto do Oeste (RO).

Propaganda do ar

Como você avalia a gestão do Governo Marcos Rocha?

Compartilhe

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
alertarondonia

alertarondonia

Este site acompanha casos policiais. Todos os conduzidos são tratados como suspeitos e é presumida sua inocência até que se prove o contrário. Recomenda-se ao leitor critério ao analisar as reportagens. Nós usamos cookies em nosso site para oferecer a melhor experiência possível.

Para mais informações sobre e-mail
[email protected] whatsapp(69)984065272

Comentários

Com muito ❤ por go7.site