Paciente de COVID-19 que faleceu em Ariquemes era de Guajará Mirim.

Propaganda do ar
Uma idosa de 70 anos, infectada pelo Novo Coronavírus (COVID-19), foi transportada por mais de 500 km pelos familiares que saíram do município de Guajará Mirim para Ariquemes (RO) no último domingo (10), após a paciente, que também tinha Diabetes tipo dois, apresentar complicações respiratórias. Segundo o secretário Municipal de Saúde de Ariquemes, Marcelo Graeff, o teste que comprovou que a paciente estava infectada foi realizado em Ariquemes, quando família informou que a idosa era vizinha de duas pessoas que morreram vítimas do COVID-19, em Guajará Mirim. “Os filhos dela, que moram em Ariquemes, foram buscá-la em Guajará para tratá-la aqui na cidade. Fizemos o teste rápido na manhã desta segunda-feira (11) e deu positivo, o que significa que ela já deveria estar infectada há pelo menos dez dias.” Explicou.

Ainda de acordo com Graeff, todos os familiares que tiveram contato com a idosa foram imediatamente colocados em quarentena e serão monitorados pela equipe do Centro de Afecções Respiratórias (CAR).

PROCEDIMENTOS

De acordo com o Diretor clínico do CAR, dr. Mauro Lopes da Silveira Filho, a paciente ainda ficou internada por mais de 13 horas na unidade, recebeu medicações e chegou a ser intubada, mas não resistiu. “Ela deu entrada primeiro na UPA, às 16h:04 min, com quadro de insuficiência respiratória grave no qual necessitou de medidas de suporte avançado (IOT – Intubação Orotraqueal), foi transferida pelo SAMU para o CAR, por volta das 18 horas, com quadro grave de pneumopatia em estado avançado e comorbidades de diabetes mellitus. Infelizmente, mesmo diante de todos os procedimentos realizados para estabilizá-la, ela teve picos de piora e evoluiu para óbito por volta das sete e meia da manhã desta segunda-feira.” Detalhou

ARIQUEMES SEM ÓBITOS

Segundo o último boletim divulgado pela Secretaria Municipal de Saúde de Ariquemes (SEMSAU) no dia 10 de maio, o município tem 32 casos de COVID-19 em tratamento, 82 aguardam resultado de exame, 93 pessoas já foram curadas e nenhuma morte registrada. O óbito da idosa será contabilizado no boletim de Guajará – Mirim, cidade onde ela morava.

Fonte: Comunicação PMA

Propaganda do ar

Como você avalia a gestão do Governo Marcos Rocha?

Compartilhe

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
alertarondonia

alertarondonia

Este site acompanha casos policiais. Todos os conduzidos são tratados como suspeitos e é presumida sua inocência até que se prove o contrário. Recomenda-se ao leitor critério ao analisar as reportagens. Nós usamos cookies em nosso site para oferecer a melhor experiência possível.

Para mais informações sobre e-mail
[email protected] whatsapp(69)984065272

Comentários

Com muito ❤ por go7.site