Acusado continua negando ter matado namorada em Cerejeiras; mulher é solta a pedido de delegado

24x31 banner gov

Uma investigação em andamento. É nesse estágio que está a apuração do assassinato da garota Jéssica Moreira Hernandes, de 17 anos, cujo corpo foi encontrado em Cerejeiras esta semana. As autoridades estão trabalhando no caso desde o desaparecimento da vítima, encontrada morta somente cinco dias depois, na última segunda, 25.

Na manhã desta quinta, 27, o delegado da Polícia Civil de Cerejeiras, Rodrigo Spiça, que comanda a investigação do caso, falou com nossa reportagem.

Segundo o delegado, objetos da garota foram encontrados dentro de um poço na mesma casa onde aconteceu o homicídio. Os objetos encontrados e a forma como foram achados batem com o depoimento do primo do namorado da vítima, Diogo Parente. Foram retirados de dentro de um poço, que tem uma tampa de concreto e apenas uma pequena abertura ao lado, os seguintes objetos: uma bicicleta desmontada e duas camisetas masculinas, ambas manchadas de sangue.

Além desses objetos encontrados, a polícia também analisa outras provas materiais, como a própria casa e o veículo do namorado da vítima, suspeito de ser o autor dos golpes que a mataram.

Segundo o delegado Rodrigo Spiça, o principal suspeito pelo assassinato da garota, o namorado dela, ainda não confessou o crime. “Depois do último depoimento dele, na terça, não voltei a interrogá-lo, pois estou reunindo as provas materiais primeiro para voltar a ouvi-lo. Tive apenas um diálogo rápido e ele continuou negando a participação dele no crime. Até o momento ele não confessou”, disse o delegado.

Ainda de acordo com o delegado Rodrigo Spiça, a esposa do primo do namorado, Idiana Parente, foi liberada da prisão temporária nesta quarta, 26. A vendedora estava em prisão temporária por, inicialmente, dar a entender que estaria protegendo o marido, o que poderia ter sinalizado algum nível de participação dela no caso. No entanto, nenhum envolvimento dela foi confirmado pelas investigações e a prisão temporária foi revogada a pedido do próprio delegado.
Já os dois suspeitos, um confesso e ou outro ainda negando a autoria do fato, continuam presos, em local que a polícia evita informar.

ENTENDA A INVESTIGAÇÃO
Na segunda, 25, um corpo feminino foi encontrado na Linha 4. A Polícia Técnico-Científica de Vilhena começou a analisar a cena do crime (FOTO). Foi confirmado que o corpo encontrado era da garota Jéssica. Na última terça, 26, três suspeitos pela morte da moça foram detidos, com o pedido de prisão temporária feito pelo delegado. Os detidos foram: o namorado de Jéssica, Ismael Silva, 30 anos, o primo dele, Diego de Sá Parente, e a esposa, Idiana Parente.

Com o andar das investigações, Diego parente confessa sua participação no assassinato, dizendo que o namorado da vítima, Ismael Silva, a matou após golpeá-la com uma barra de ferro na cabeça, uma facada nas costas e outras duas na garganta.  Diego ainda deu detalhes de onde estariam objetos da vítima, como a bicicleta, que teria sido jogado dentro de um poço. Dentro deste poço, o primo do principal suspeito diz também que teria jogado duas camisetas sujas de sangue da vítima (a dele e a de Ismael).

Na quarta, 26, em uma coletiva à imprensa, o delegado Rodrigo Spiça, acompanhado pelo delegado regional da Polícia Civil Fábio Campos, esclareceu que uma das detidas, Idiana Parente, não era mais considerada como suspeita, devido à falta de indícios que a incrimine sobre qualquer participação no crime. “Até agora as investigações mostram que ela é inocente e deve ser recebida pela sociedade como uma pessoa de bem”, disse o delgado na entrevista de então.

24x31 banner gov

Compartilhe

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
airton

airton

Este site acompanha casos policiais. Todos os conduzidos são tratados como suspeitos e é presumida sua inocência até que se prove o contrário. Recomenda-se ao leitor critério ao analisar as reportagens. Nós usamos cookies em nosso site para oferecer a melhor experiência possível.

Para mais informações sobre e-mail
[email protected] whatsapp(69)984065272

Comentários

Com muito ❤ por go7.site