Aluna de Ji-Paraná é medalha de bronze na Olimpíada Brasileira de Matemática

Propaganda do ar

A estudante Nicole Gabriely Viana Leal, 14 anos, receberá a medalha de bronze conquistada na 13ª Olimpíada Brasileira de Matemática das Escolas Públicas (OBMEP 2017), evento realizado em nível nacional e que tem como um dos objetivos descobrir jovens com talento matemático excepcional.

A cerimônia de premiação está marcada para ocorrer às 8h30, de quinta-feira (7), no auditório da Coordenadoria Regional de Educação de Ji-Paraná.

“Essa premiação é importante porque reforça que a escola é o principal instrumento ao aprendizado e a formação profissional”, disse a estudante do 8º ano, que vislumbra carreira na medicina ou na área de aplicação financeira. A medalha, ainda segundo Nicole Viana, “é um incentivo aos colegas a dedicar mais aos estudos”.

“O prêmio é um testemunho de que é possível aprender e aplicar a matemática”, ressalta a professora e incentivadora da adolescente, a professora Franciele Dallabrida, da Escola Estadual Antônio Bianco.

Além da premiação em bronze, a estudante também será contemplada com incentivo financeiro e uma bolsa de estudos de iniciação científica na matemática em instituição pública federal. “Os encontros da introdução científica ocorrem a cada 15 dias. Os resultados são animadores”, detalha Dallabrida, a experiência vivenciada com outros estudantes.

A Escola Antônio Bianco está localizada numa região da periferia de Ji-Paraná, tem 568 alunos matriculados no ensino fundamental e a média no índice de Desenvolvimento da Educação Básica (Ideb), do Ministério da Educação, é considerada boa, segundo a vice-diretora Elciane Lima Silva Procópio.

“É uma honra ter um de nossos alunos medalhistas na OBMEP. Isso demonstra que a escola ensina o aluno a competir em pé de igualdade em certame que envolve estudantes de todo o país”, comemora a dirigente escolar, ilustrando que o perfil da maioria dos estudantes tem renda familiar de até R$ 1.300,00.

Além de Nicole Viana, outros estudantes da região Central de Rondônia serão contemplados com medalhas e título honroso. “A Olimpíada é um incentivador ao professor e ao estudante, pois avalia o aprendizado em duas provas, a objetiva e a discursiva”, disse a coordenadora regional de educação, professora Rosangela Marun.

Propaganda do ar

Como você avalia a gestão do Governo Marcos Rocha?

Compartilhe

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
airton

airton

Este site acompanha casos policiais. Todos os conduzidos são tratados como suspeitos e é presumida sua inocência até que se prove o contrário. Recomenda-se ao leitor critério ao analisar as reportagens. Nós usamos cookies em nosso site para oferecer a melhor experiência possível.

Para mais informações sobre e-mail
[email protected] whatsapp(69)984065272

Comentários

Com muito ❤ por go7.site