Argentina goleia EUA e avança à final

24x31 banner gov

Com um futebol vistoso e um craque sem qualquer sombra de dúvida, a Argentina tem mais uma chance de encerrar um incômodo e longo jejum de 23 anos sem qualquer conquista com a sua seleção principal. Nesta terça-feira, Lionel Messi deu mais um show, marcou um golaço em cobrança de falta, virou o maior artilheiro da história de seu país e comandou a goleada por 4 a 0 sobre os Estados Unidos, no lotado NGR Stadium, em Houston, para avançar à grande decisão da Copa América Centenário.
No próximo domingo, a Argentina estará no MetLife Stadium, em Nova Jersey, para enfrentar o vencedor do duelo entre Colômbia e Chile – que duelam nesta quarta-feira, em Chicago – na tentativa de levantar a taça do torneio que homenageia os 100 anos de fundação da Conmebol. Aos Estados Unidos resta a decisão do terceiro lugar no sábado, em Phoenix.

Em campo, Lionel Messi marcou somente um dos quatro gols, mas foi um gol importantíssimo para a história do futebol argentino. Agora com 55 tentos, o craque do Barcelona ultrapassou o centroavante Gabriel Batistuta como o maior artilheiro da seleção principal da Argentina.
E o recorde veio em um golaço de falta. Aos 31 minutos do primeiro tempo, a Argentina já vencia por 1 a 0 – gol de Lavezzi, de cabeça, logo aos 3 – e conseguiu uma falta na intermediária, pelo lado esquerdo. Então, Messi se preparou e com maestria mandou a bola no lado oposto da barreira, enganando o goleiro Guzman, que ficou olhando ela entrar quase na junção da trave esquerda com o travessão.
No primeiro tempo, os Estados Unidos não viram a cor da bola e não chutaram uma bola sequer ao gol de Romero. Na segunda etapa, aconteceu a mesma coisa e o máximo que o goleiro argentino fez foi correr para ajudar Lavezzi na lateral do campo, depois que o argentino tropeçou na placa de publicidade, caiu para trás e teve uma lesão no braço esquerdo.
Novamente com grande efetividade no ataque, a Argentina construiu a goleada com dois gols de Gonzalo Higuain – um aos 4 e o outro aos 40 minutos -, que desencantou nas fases eliminatórias da Copa América Centenário e chegou a quatro na competição – havia feito dois contra a Venezuela, no último sábado, pelas quartas de final.

24x31 banner gov

Compartilhe

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
airton

airton

Este site acompanha casos policiais. Todos os conduzidos são tratados como suspeitos e é presumida sua inocência até que se prove o contrário. Recomenda-se ao leitor critério ao analisar as reportagens. Nós usamos cookies em nosso site para oferecer a melhor experiência possível.

Para mais informações sobre e-mail
[email protected] whatsapp(69)984065272

Comentários

Com muito ❤ por go7.site