Bolivianos são presos e deportados pela Polícia Federal tentando entrar em Rondônia com medicamentos e folhas de coca

Propaganda do ar

A Polícia Federal, em conjunto com as demais forças envolvidas nas ações de enfrentamento ao Covid 19, Exército Brasileiro, PRF, Força Nacional e Unesfron em Guajará-Mirim, RO, empreenderam ações no sentido de cumprir a determinação de restrição excepcional e temporária de entrada no País de estrangeiros e também, no combate à criminalidade em geral e crimes transfronteiriços, realizando diversas ações em diferentes pontos do município.                                                                                                                                                                 

 

No início da noite do dia 26/03, a patrulha fluvial realizada pela Polícia Federal e Exército Brasileiro abordou uma embarcação cruzando o Rio Mamoré vindo da Bolívia, tripulada por dois indivíduos de nacionalidade boliviana, que em dado momento pularam da embarcação e um deles conseguiu fugir.

 

Durante a ação foi constatado que no barco haviam produtos de origem estrangeira que seriam importados ilegalmente para o território brasileiro por ponto não alfandegado. Foram apreendidas embalagens, medicamentos e outros produtos de origem estrangeira, além da embarcação. O estrangeiro detido foi deportado.

 

Na madrugada de hoje (27/03), outra embarcação de origem boliviana foi interceptada pela patrulha fluvial quando estava chegando às margens do lado brasileiro. Na oportunidade foram detidos 05 dos 07 bolivianos que tentavam atravessar e um casal conseguiu evadir-se. Os detidos, que portavam a quantia de R$29.000,00 e BS 4.000,00, além de certa quantidade de folhas de coca, foram conduzidos ao Porto Oficial do município e, em seguida, deportados com fundamento na legislação brasileira.

                    

Ainda na madrugada desta sexta-feira (27.03), em barreira integrada pela PRF e EB na rodovia de acesso a Guajará Mirim, foi flagrado um veículo de carga transportando 15 metros cúbicos de madeira sem a documentação obrigatória, motivo pelo qual a madeira foi apreendia e os indivíduos conduzidos à Delegacia de Polícia Federal para adoção das medidas cabíveis.

 

Por fim, no início da manhã desta sexta-feira (27/03), autoridades bolivianas deportaram da Bolívia, um brasileiro que possuía 02 mandados de prisão expedidos pela Justiça Estadual de Rondônia, acusado dos crimes de tráfico de entorpecentes e receptação. Policiais da Força Tarefa receberam o nacional e o encaminham à Polícia Civil em Guajará Mirim, RO.

Propaganda do ar

Como você avalia a gestão do Governo Marcos Rocha?

Compartilhe

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
airton

airton

Este site acompanha casos policiais. Todos os conduzidos são tratados como suspeitos e é presumida sua inocência até que se prove o contrário. Recomenda-se ao leitor critério ao analisar as reportagens. Nós usamos cookies em nosso site para oferecer a melhor experiência possível.

Para mais informações sobre e-mail
[email protected] whatsapp(69)984065272

Comentários

Com muito ❤ por go7.site