CELULAR EVITA QUE FOTÓGRAFO SEJA ALVEJADO EM CONFRONTO NA CRACOLÂNDIA

24x31 banner gov

Um fotógrafo foi baleado e outro salvo pelo telefone celular que tinha no bolso durante um confronto entre policiais militares e usuários de drogas na cracolândia, no centro de São Paulo, na tarde desta quinta-feira (23).

 

O profissional Dario de Oliveira, da agência Código 19, foi alvejado na calçada da esquina da Alameda Barão de Piracicaba com a Rua Helvétia. Segundo a Santa Casa de Misericórdia, para onde o fotógrafo foi levado, Oliveira foi atingido por “disparo de arma de fogo” na perna. Ele foi submetido a exames médicos, mas, até o fim da tarde, não tinha previsão de alta.

Já Marcelo Chello, fotógrafo profissional que também trabalhava no local, foi atingido na mesma hora, mas salvo pelo seu telefone celular que estava no bolso esquerdo da calça. O equipamento ficou destruído, mas Chello passa bem.

Chello contou ao Estadão que não sabe dizer de onde veio o tiro. “A gente infelizmente está sujeito a esse tipo de coisa quando trabalha”, lamentou ele.

Publicado por Richard Nunes

DRT – 1613/RO

Fonte: Notícias ao Minuto

24x31 banner gov

Compartilhe

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
airton

airton

Este site acompanha casos policiais. Todos os conduzidos são tratados como suspeitos e é presumida sua inocência até que se prove o contrário. Recomenda-se ao leitor critério ao analisar as reportagens. Nós usamos cookies em nosso site para oferecer a melhor experiência possível.

Para mais informações sobre e-mail
[email protected] whatsapp(69)984065272

Comentários

Com muito ❤ por go7.site