Ji-Paraná Força tarefa analisa quase 2,5 mil inquéritos parados em delegacias

24x31 banner gov

Mais de 2.400 inquéritos foram analisados durante uma força tarefa realizada por delegados e escrivães na última semana em Ji-Paraná – RO. De acordo com o delegado Derli Gouveia, a força tarefa é dividida em três partes e na última semana, foi realizada a segunda etapa deste processo, por 16 profissionais.

Delegados e escrivães da Polícia Civil de várias cidades uniram-se aos profissionais de Ji-Paraná para diminuir o número de processos parados. Eram cerca de cinco mil inquéritos na Delegacia Especializada de Atendimento à Mulher (DEAM), na 1ª e na 2ª Delegacia. Segundo Gouveia, a ação conseguiu avaliar, na 1ª e 2ª Delegacia, mais de 2.100 inquéritos e 300 que estavam da DEAM. 

Cerca de 1.600 inquéritos não retornarão mais às delegacias. Agora, segundo Derli, os processos passam por uma análise mais criteriosa e os delegados têm um prazo de 60 dias para oferecer denúncia dos casos ao Ministério Público (MP). 

“Então, será aberta a ação penal contra o autor do crime. Em outros casos, o inquérito será arquivado por prescrição ou decadência. E por fim, temos os inquéritos atípicos e outros que não se têm condições de produzir as provas para se chegar a autoria do crime”, explica o delegado. 

Com os trabalhos que foram realizados, o delegado acredita que aliviará a situação das delegacias. “Vai oxigenar, dar mais celeridade aos nossos trabalhos, pois serão mais positivos o desenvolvimento das nossas atividades”, explica Gouveia.

Fonte: G1/RO 
Postado por Izabella Coelho – DRT 1587/RO

blank

24x31 banner gov

Compartilhe

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
airton

airton

Este site acompanha casos policiais. Todos os conduzidos são tratados como suspeitos e é presumida sua inocência até que se prove o contrário. Recomenda-se ao leitor critério ao analisar as reportagens. Nós usamos cookies em nosso site para oferecer a melhor experiência possível.

Para mais informações sobre e-mail
[email protected] whatsapp(69)984065272

Comentários

Com muito ❤ por go7.site