Mato Grosso apresenta queda de 5% na abertura de novas áreas

24x31 banner gov

Mato Grosso apresentou um decréscimo de 5% no desmatamento entre agosto e novembro no comparativo com o período em 2015. Apesar da retração o Estado é vice-líder em abertura de novas áreas, segundo o Instituto do Homem e Meio Ambiente da Amazônia (Imazon). O Pará ocupa a liderança com um incremento de 28%. Acre, Amazonas e Rondônia apresentaram os maiores crescimentos de desmate de 83%, 77% e 61%, respectivamente.
Entre agosto e novembro foram abertos 325 quilômetros quadrados de área da Amazônia Legal em Mato Grosso. A extensão é 5% menor que os 342 quilômetros quadrados do ano passado. O decréscimo permitiu ao Estado que caísse para o segundo lugar.
Os oito Estados que compõe a Amazônia Legal desmataram juntos, segundo o Imazon, 1.209 quilômetros quadrados, 24% a mais que os 972 quilômetros quadrados do período em questão analisados.
O Pará saltou de 293 quilômetros quadrados para 374 quilômetros quadrados. Já o Acre de 12 quilômetros quadrados para 22, o Amazonas de 133 quilômetros quadrados para 235 e Rondônia de 139 quilômetros quadrados para 224.
Em Roraima constatou-se queda de 24% na abertura de áreas, de 29 para 22 quilômetros quadrados. No Tocantins de 25 quilômetros quadrados para 7. Já no Amapá não houve registro tanto em 2015 quanto em 2016, aponta o Imazon.
Novembro
Conforme o Imazon, em novembro foram detectados 37 quilômetros de desmatamento na Amazônia Legal. O que representou uma redução de 168% em comparação ao mês em 2015 quando o desmatamento havia somado 99 quilômetros quadrados.
Em novembro, Mato Grosso foi responsável por 39% do desmate realizados. O Pará liderou com 45%. Rondônia foi responsável por 10% e Roraima por 6%.
Ainda de acordo com o Imazon, a geografia do desmatamento aponta que em novembro 66% do desmate ocorreu em áreas privadas ou sob diversos estágios de posse. Já 31% em assentamentos da reforma agrária e 3% em unidades de conservação.
Entre os municípios considerados críticos, Gaúcha do Norte (MT) lidera com 5,5 quilômetros quadrados em novembro, Uruará (PA) com 5,3 quilômetros quadrados e Santa Carmem (MT) em terceiro com 4,9 quilômetros quadrados.

24x31 banner gov

Compartilhe

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
airton

airton

Este site acompanha casos policiais. Todos os conduzidos são tratados como suspeitos e é presumida sua inocência até que se prove o contrário. Recomenda-se ao leitor critério ao analisar as reportagens. Nós usamos cookies em nosso site para oferecer a melhor experiência possível.

Para mais informações sobre e-mail
[email protected] whatsapp(69)984065272

Comentários

Com muito ❤ por go7.site