UBER Na capital, motoristas tem pneus furados e acusam taxistas

24x31 banner gov

A divulgação da informação de que representantes do aplicativo UBER estavam realizando o cadastro dos possíveis colaboradores na cidade de Porto Velho, capital de Rondônia, levou a uma grande procura de pessoas interessadas em prestar o serviço na cidade.

Porém, indignados com a chegada da ferramenta eletrônica, dezenas de taxistas foram até a frente do hotel onde os funcionários do UBER estariam atendendo os futuros colaboradores e iniciaram uma manifestação exigindo o fim das atividades da empresa na capital rondoniense.

Com gritos de “fora UBER”, os taxistas saíram em carreata pelas ruas da cidade para chamar atenção da sociedade ao fato. A guerra entre os motoristas de táxi e o UBER é declarada, confrontos com agressões físicas já foram registrados em todas as cidades onde o aplicativo passou a funcionar.

Em Porto Velho, algumas pessoas que foram até o local para se cadastrar no UBER relataram que tiveram os pneus de seus veículos furados no estacionamento do hotel, eles acusaram os taxistas. Já os taxistas garantem que o serviço representa uma competição comercial desleal com profissionais que pagam seus impostos e geram renda para o Estado e prometem não dar vida fácil a quem decidir prestar esse serviço na cidade.

Vale lembrar que um prestador de serviço do UBER chega a faturar mais de mil reais por semana em média, livre de impostos.

Ainda sem legislação vigente, a Câmara de Vereadores provavelmente deverá interferir no assunto, os profissionais de transporte privado possuem representantes na Câmara municipal e Assembleia Estadual, fator que deixa os taxistas confiantes na aprovação de uma lei que proíba a chegada do UBER.

Por outro lado, a grande expectativa de uma boa parcela da comunidade portovelhense em ter o direito de utilizar a ferramenta podendo escolher o serviço que irá pagar, poderá colocar os parlamentares contra a parede.

Administrativamente o UBER já uma realidade em Porto Velho, sem empecilhos legais, o aplicativo já deverá estar a disposição dos munícipes a partir da efetivação dos primeiros cadastros de colaboradores.

Com o UBER o cliente poderá escolher em seu smartphone um serviço de transporte pessoal a partir do perfil do motorista e especificações do carro, além de negociar o valor da corrida.

24x31 banner gov

Compartilhe

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
airton

airton

Este site acompanha casos policiais. Todos os conduzidos são tratados como suspeitos e é presumida sua inocência até que se prove o contrário. Recomenda-se ao leitor critério ao analisar as reportagens. Nós usamos cookies em nosso site para oferecer a melhor experiência possível.

Para mais informações sobre e-mail
[email protected] whatsapp(69)984065272

Comentários

Com muito ❤ por go7.site