BASA CHAMA MUTUÁRIOS PARA GARANTIREM SEUS DESCONTOS DE ATÉ 80%

Propaganda do ar
blank

O Banco da Amazônia (Basa) está chamando os produtores rurais e agricultores familiares que renegociaram dívidas com base na Lei 13.340 de 2016 para garantirem seus descontos de até 80% dos financiamentos do FNO. Estes mutuários devem comparecer às agências do Banco para atualização cadastral e manter todas as condições que foram negociadas até dezembro de 2019.

A lei 13.340/2016 autorizou a liquidação e a renegociação de dívidas de crédito rural, mantendo o desconto de até 80% dos financiamentos e ampliou as disponibilidades para recuperar os financiamentos.

O refinanciamento da dívida com base nesta lei atingiu os agricultores familiares e empresariais, que contrataram financiamentos para investimento, custeio e/ou comercialização, com recursos do FNO até 31 de dezembro de 2019 e que estavam com pagamento de suas parcelas em dia ou em atraso. De acordo com o gerente executivo de Administração de Crédito do Basa, Manoel Piedade, a lei 13.340 foi incluída pela Lei 13.729 de 2018 e beneficiou os produtores rurais permitindo a eles a continuidade de suas atividades econômicas e eliminando as restrições cadastrais junto ao Banco. “É importante que este produtor rural evite a inadimplência para que ele continue sendo beneficiado com as condições disponibilizadas a ele no ato da renegociação”, explicou.

O superintendente regional de Rondônia, Diego Campos, avisa que os mutuários devem procurar a sua agência de relacionamento, onde ele efetuou a renegociação até a primeira quinzena do mês de novembro/2021. “É uma oportunidade única, que um dia de atraso já ocasiona a perda dos benefícios, não sendo possível reaver”, comentou.

CANPANHA DE 13.11.2021 GOV DE RONDONIA

Como você avalia a gestão do Governo Marcos Rocha?

Compartilhe

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Almi Coelho

Almi Coelho

Este site acompanha casos policiais. Todos os conduzidos são tratados como suspeitos e é presumida sua inocência até que se prove o contrário. Recomenda-se ao leitor critério ao analisar as reportagens. Nós usamos cookies em nosso site para oferecer a melhor experiência possível.

Para mais informações sobre e-mail
[email protected] whatsapp(69)984065272

Comentários

Com muito ❤ por go7.site