Deputado é preso por ser suspeito de mandar sequestrar de jornalista

Propaganda do ar
blank

O deputado estadual e ex-presidente da Assembleia de Roraima Jalser Renier (Solidariedade) foi preso de forma preventiva nesta sexta-feira 1º na cidade de Boa Vista (RR), suspeito de ser o mandante do sequestro do apresentador e jornalista Romano dos Anjos, que trabalha na TV Imperial, afiliada da Record TV.

O R7 tentou contato com o gabinete do deputado, mas não obteve resposta até a publicação desta matéria. O espaço está aberto para manifestação.

O momento da prisão foi registrado em vídeos. Jalser Renier aparece cercado de agentes e pede para ler o mandado da Justiça de Roraima. “Ao meu ver, é uma condução caluniosa que está sendo feita comigo. Mas eu vou respeitar a emissão da Justiça”, diz o parlamentar.

O deputado foi detido na Operação Pulitzer II, feita nesta sexta pelo Gaeco (Grupo de Atuação Especial de Combate às Organizações Criminosas), do Ministério Público de Roraima, junto às Polícias Civil e Militar do estado. O pedido de prisão preventiva foi decretado pela juíza do Poder Judiciário de Roraima Graciete Sotto Mayor Ribeiro. As investigações estão sob sigilo da Justiça.

Além da prisão de Jalser, a operação cumpriu outros três mandados de prisão preventiva e oito mandados de busca e apreensão na cidade de Boa Vista. Também foram convertidas em prisões temporárias outras sete prisões preventivas feitas na primeira fase da Operação Pulitzer, em 17 de setembro.

Em agosto, uma outra operação conjunta das autoridades policiais prendeu sete suspeitos de participar do sequestro. Deste grupo, seis eram policiais militares — todos trabalhavam também na equipe de segurança do deputado Jalser Renier. O outro detido era servidor da Assembleia Legislativa de Roraima. Na época da operação, Renier se disse surpreso com os fatos e desconhecer o teor das investigações.

Romano dos Anjos

Romano dos Anjos foi sequestrado em dia 26 de outubro do ano passado. Ele era conhecido por apresentar denúncias políticas em um programa da TV imperial, o que, segundo investigações da polícia, poderia ter motivado o crime.

O jornalista estava em casa com a esposa quando foi surpreendido por criminosos armados e encapuzados, que o amarram e o sequestraram por horas. Ele foi levado no próprio carro para uma área de mata e torturado. O veículo foi queimado e o apresentador acabou sendo encontrado quase 12 horas depois do sequestro.

Quem é Jalser Renier

Jalser Renier Padilha foi eleito deputado estadual pela primeira vez em 1994, com 21 anos, e nunca mais deixou de ser reeleito para o cargo. Em 2015 ele foi eleito presidente da Assembleia Legislativa de Roraima e comandou os trabalhos até 2020, quando decisão do STF (Supremo Tribunal Federal) o impediu de assumir o cargo em 2021 pelo sexto ano consecutivo.

Nas últimas semanas, o deputado tem sofrido com problemas judiciais. No dia 23 do mês passado, Renier foi denunciado pelo Ministério Público de Roraima por desvios milionários de dinheiro público da Assembleia Legislativa de Roraima, por meio de fraudes em processos licitatórios.

Segundo investigação do MPRR, ele teria desviado pouco mais de R$ 1 milhão em um processo licitatório para prestação de serviços de isolamento acústico nas dependências da Assembleia Legislativa de Roraima junto ao ex-deputado Naldo da Loteria (PSB).

CANPANHA DE 13.11.2021 GOV DE RONDONIA

Como você avalia a gestão do Governo Marcos Rocha?

Compartilhe

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Almi Coelho

Almi Coelho

Este site acompanha casos policiais. Todos os conduzidos são tratados como suspeitos e é presumida sua inocência até que se prove o contrário. Recomenda-se ao leitor critério ao analisar as reportagens. Nós usamos cookies em nosso site para oferecer a melhor experiência possível.

Para mais informações sobre e-mail
[email protected] whatsapp(69)984065272

Comentários

Com muito ❤ por go7.site