Líder dos caminhoneiros diz que alta no preço dos combustíveis é mais grave que em 2018

Propaganda do ar
blank

“Precisamos que o governo chame a responsabilidade e pare de transferir para os outros”, disse Wallace Landim, conhecido como Chorão, ao criticar a gestão de Jair Bolsonaro

Um dos líderes da greve dos caminhoneiros de 2018, Wallace Landim, conhecido como Chorão, afirmou que a categoria não aguenta mais os seguidos aumentos no preço dos combustíveis. De acordo com ele, a situação atual está pior, na comparação com a daquele ano.

“Precisamos que o governo chame a responsabilidade e pare de transferir para os outros. A gente vem lutando desde a greve de 2018 pela mudança da política de preços. A narrativa do presidente na campanha era em defesa dos caminhoneiros e nada disso foi feito”, disse em entrevista à coluna Painel.

Landim participa na quarta-feira (13) de uma audiência pública na Câmara dos Deputados que reunirá os caminhoneiros e representantes dos ministérios da Economia e Minas e Energia, da Petrobras e da Agência Nacional de Petróleo.

 

Propaganda do ar

Como você avalia a gestão do Governo Marcos Rocha?

Compartilhe

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Almi Coelho

Almi Coelho

Este site acompanha casos policiais. Todos os conduzidos são tratados como suspeitos e é presumida sua inocência até que se prove o contrário. Recomenda-se ao leitor critério ao analisar as reportagens. Nós usamos cookies em nosso site para oferecer a melhor experiência possível.

Para mais informações sobre e-mail
[email protected] whatsapp(69)984065272

Comentários

Com muito ❤ por go7.site