Polícia Federal deflagra 2ª fase da operação Illusio, em Ji-Paraná, visando bloqueio de patrimônio do principal investigado.

Propaganda do ar
blank

A Polícia Federal deflagrou na manhã desta sexta-feira (11), a 2º fase da “Operação Illusio”, com objetivo de promover a descapitalização do patrimônio de organização criminosa voltada à prática de crimes de incêndio, desmatamento e invasão em áreas da União.

A PF cumpre mandado de busca e apreensão em Ji-Paraná/RO com sequestro de veículos e valores existentes nas contas bancárias e aplicações financeiras, incluindo investimento em ações.

A polícia explica que recebeu informações de incêndio de grandes proporções na Reserva do Assentamento Margarida Alves, em Nova União (RO). Ao chegar no local, foi confirmado a ocorrência de queimadas, desmatamento e invasão de terras. 

Os policiais identificaram a liderança do grupo invasor, além da presença de um advogado apontado como o responsável por dar o aval à invasão. O grupo é suspeito de incendiar, desmatar e invadir a reserva. Os envolvidos devem responder pelos crimes de estelionato, invasão de terra, incêndio, desmatamento e associação criminosa.

O nome da operação está relacionado a ilusão, gerada no grupo invasor que acreditou nas palavras dos investigados de que os lotes adquiridos seriam regularizados.

blank

Propaganda do ar

Como você avalia a gestão do Governo Marcos Rocha?

Compartilhe

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Almi Coelho

Almi Coelho

Este site acompanha casos policiais. Todos os conduzidos são tratados como suspeitos e é presumida sua inocência até que se prove o contrário. Recomenda-se ao leitor critério ao analisar as reportagens. Nós usamos cookies em nosso site para oferecer a melhor experiência possível.

Para mais informações sobre e-mail
[email protected] whatsapp(69)984065272

Comentários

Com muito ❤ por go7.site