Ariquemes será sede da primeira feira de piscicultura de Rondônia no mês de maio

24x31 banner gov

Com o objetivo de fomentar o pescado em Rondônia e organizar a cadeia produtiva, o governo de Rondônia promoverá exposições de piscicultura em três regiões do estado. O município de Ariquemes, por ser o maior produtor de tambaqui em cativeiro do País, foi escolhido para sediar a primeira Feira de Negócios, de 5 a 7 de maio.

Denominado de Exposição de Piscicultura do Vale do Jamari (Expovale), o evento será realizado sob a coordenação da Superintendência de Desenvolvimento Econômico de Rondônia (Suder), com recursos do  Fundo de Investimento de Apoio à Indústria (Fider), em parceria com a Associação Comercial e Industrial de Ariquemes (Acia).

Outras duas feiras serão realizadas em Porto Velho e Ji-paraná, visando à qualificação e treinamento dos piscicultores.

O superintendente Basílio Leandro disse que o evento vai fomentar boas práticas de piscicultura e mostrar o que tem de mais moderno no Brasil e no mundo para os produtores. Segundo ele, a estratégia do governo é focalizar o planejamento e a organização para que o setor seja transformado numa atividade ainda mais lucrativa para o produtor rural.

“Não vamos incentivar por incentivar, e sim, organizar a cadeia, disseminar boas práticas de piscicultura, realizar pesquisa para controle da sanidade do peixe e também trabalhar o melhoramento genético e a conversão alimentar de maneira que o produtor tenha cada vez mais resultado positivo com o pescado. Este é o posicionamento do governo. É a visão que temos para o setor”, informou Basílio Leandro.

O titular da Suder disse ainda que o projeto do governo é que a Expovale aconteça todos os anos.

De acordo com o presidente da Acia, Francisco Hidalgo Farina, a expectativa do comitê organizador é que 150 empresas ligadas ao agronegócio participem do evento, além do setor varejista com vistas a impulsionar a economia local.

Em Ariquemes, o evento vai contar com 150 estandes montados na ciclovia da avenida Capitão Sílvio. Francisco Hidalgo revelou que além da exposição de máquinas e implementos agrícolas, haverá também ações voltadas à cultura e gastronomia, bem como, palestras, rodadas de negócios, mini-agências bancárias e atendimento do Tudo Aqui com a emissão de documentos e exames médicos.

“O nosso objetivo é movimentar a economia através do agronegócio e criar ambientes favoráveis para a piscicultura em Rondônia”, frisou Farina.

24x31 banner gov

Compartilhe

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
airton

airton

Este site acompanha casos policiais. Todos os conduzidos são tratados como suspeitos e é presumida sua inocência até que se prove o contrário. Recomenda-se ao leitor critério ao analisar as reportagens. Nós usamos cookies em nosso site para oferecer a melhor experiência possível.

Para mais informações sobre e-mail
[email protected] whatsapp(69)984065272

Comentários

Com muito ❤ por go7.site