CORONEL PEDE DESCULPAS APÓS PM MATAR TORCEDOR POR &#39ACIDENTE&#39

Propaganda do ar

Comandante do 12.º Batalhão da Polícia Militar em Curitiba, o tenente-coronel Wagner Lúcio dos Santos convocou a imprensa nesta segunda-feira para pedir desculpas à família de Leonardo Brandão, de 18 anos, torcedor do Coritiba, morto por um policial militar antes do clássico contra o Atlético-PR no domingo.

 

Leonardo estava indo para a Arena da Baixada junto com um grupo de torcedores do Coritiba que era escolado pela Rotam (Ronda Ostensivas Táticas Móveis). A versão da polícia é que a submetralhadora de um sargento da equipe disparou acidentalmente.

“Primeiramente, quero pedir desculpas a toda a sociedade pelo ocorrido. É uma tragédia que assola também a Polícia Militar. O sargento tem mais de 20 anos de serviço e está muito abalado. Ele tem um histórico limpo na corporação e se consultou com uma psicóloga logo após a tragédia”, afirmou o coronel.

Ainda de acordo com o comandante do 12.º BPM, o acidente aconteceu quando o sargento entrou na viatura. “Quando ele foi colocar a bandoleira (alça) de uma submetralhadora 0.40, o cano estava voltado para a janela e ele sentiu o recuo da arma, além da fumaça dentro da viatura. Ao olhar para o lado, visualizou o rapaz caído e percebeu o que havia acontecido.” O tiro disparado pelo sargento atingiu o peito de Leonardo.

A versão apresentada pelo sargento, de acordo com o coronel, é a de que ele não apertou o gatilho. “É uma arma de doze anos de uso. Apenas uma perícia vai definir como aconteceu o disparo”, afirmou. Um inquérito foi instaurado e o autor do crime afastado por 15 dias. “Após seu retorno, caso ele esteja em condições, ele ficará restrito ao serviço administrativo”, explicou o coronel.

 

Publicado por Richard Nunes

DRT – 1613/RO

Fonte: Notícias ao Minuto

CANPANHA DE 13.11.2021 GOV DE RONDONIA

Como você avalia a gestão do Governo Marcos Rocha?

Compartilhe

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
airton

airton

Este site acompanha casos policiais. Todos os conduzidos são tratados como suspeitos e é presumida sua inocência até que se prove o contrário. Recomenda-se ao leitor critério ao analisar as reportagens. Nós usamos cookies em nosso site para oferecer a melhor experiência possível.

Para mais informações sobre e-mail
[email protected] whatsapp(69)984065272

Comentários

Com muito ❤ por go7.site