CORTE DE CAFÉ EM PRESÍDIO LEVA A PRINCÍPIO DE MOTIM

24x31 banner gov

Uma protesto tumultuou o presídio regional de Araxá (MG) nesta segunda-feira, 13. Os 370 detentos do local iniciaram um princípio de motim por causa do corte pela metade no fornecimento de café. Cada um tinha direito a 200 mililitros ao dia, mas agora a quantidade caiu para 100 mililitros.

 

O Grupo de Intervenção Rápida (GIR) foi acionado e ficou de prontidão para uma eventual intervenção, mas o movimento terminou com a presença do juiz Renato Zouain Zupo que negociou o fim do ato. Ele prometeu buscar na iniciativa privada doações para completar o fornecimento, o que equivale a 40 quilos de café por semana.

As medidas adotadas no presídio já foram implantadas em outras unidades e teriam a finalidade de melhorar a qualidade da alimentação.

Segundo o governo estadual, hoje o sistema prisional de Minas Gerais oferece quatro refeições diárias aos detentos. Além do café da manhã, eles têm almoço, café da tarde com suco e jantar, sendo que o custo do Estado com cada preso fica perto de R$ 3.500 por mês. Com informações do Estadão Conteúdo.

Fonte: Notícias ao Minuto

Publicado por Richard Nunes

DRT – 1613/RO

24x31 banner gov

Compartilhe

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
airton

airton

Este site acompanha casos policiais. Todos os conduzidos são tratados como suspeitos e é presumida sua inocência até que se prove o contrário. Recomenda-se ao leitor critério ao analisar as reportagens. Nós usamos cookies em nosso site para oferecer a melhor experiência possível.

Para mais informações sobre e-mail
[email protected] whatsapp(69)984065272

Comentários

Com muito ❤ por go7.site