Detran reúne parceiros do maio amarelo

24x31 banner gov

O Departamento Estadual de Trânsito – DETRAN reuniu parceiros do Movimento Maio Amarelo para encaminhamentos e orientações da organização em Rondônia. O objetivo foi reunir o poder público e a sociedade civil para o engajamento nas ações a serem realizadas. O vice governador Daniel Pereira, destacou a importância dessa mobilização para chamar a atenção da sociedade para o alto índice de mortes e mutilações no trânsito. “O trânsito é uma guerra silenciosa que precisa combatida pela mudança de comportamento”, destacou.

O Maio Amarelo foi instituído em 2010 pela Assembleia-Geral das Nações Unidas que definiu o período de 2011 a 2020 como a “Década de Ações para a Segurança no Trânsito”. O documento foi elaborado com base em um estudo da OMS (Organização Mundial da Saúde) que contabilizou, em 2009, cerca de 1,3 milhão de mortes por acidente de trânsito em 178 países. Aproximadamente 50 milhões de pessoas sobreviveram com sequelas. “Os números continuam altos, principalmente em nossa região, onde o comportamento do condutor deixa muito a desejar”, enfatizou o diretor geral do DETRAN, José de Albuquerque Cavalcante.

Desde que foi implantada a fiscalização da Lei Seca e implementada as ações educativas pelo DETRAN, os índices vem reduzindo em Rondônia, apesar de que ainda apresentam grandes ocorrências com vitimas. Em 2011 foram 14.705 ocorrências em Rondônia e em 2015 foram 10.074 ocorrências apesar do crescimento da frota.

O deputado Dr. Neidson disse que, como médico tem uma preocupação especial com o tema, pois a quantidade de acidentes de trânsito tem causado lotação no Pronto Socorro João Paulo II, gerando despesas altas para o Estado, além de danos à vida. Destacou o apoio da Assembléia Legislativa para o Movimento Maio Amarelo e as demais ações em favor da melhoria do trânsito.

O secretário Municipal de Trânsito de Porto Velho, Marden Negrão, anunciou que o município fará uma reformulação do trânsito urbano para melhor a trafegabilidade, mas alertou que o maior problema já observado tem sido com a imprudência de condutores.

O empresário Sidnei Matos, do grupo Mastter Motos, falou em nome da sociedade civil e considerou a importância do envolvimento de toda sociedade no Movimento Maio Amarelo. Para ele, é necessário alertar sobre os riscos e oferecer medidas que possam proporcionar um transito mais seguro.

 

24x31 banner gov

Compartilhe

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
airton

airton

Este site acompanha casos policiais. Todos os conduzidos são tratados como suspeitos e é presumida sua inocência até que se prove o contrário. Recomenda-se ao leitor critério ao analisar as reportagens. Nós usamos cookies em nosso site para oferecer a melhor experiência possível.

Para mais informações sobre e-mail
[email protected] whatsapp(69)984065272

Comentários

Com muito ❤ por go7.site