PSICOLOGIA AO SEU ALCANCE: Como conquistar um grande amor tópico 9 Persistência

Propaganda do ar

Chegamos à última lição de como conquistar um grande amor. Depois de se comprometer no relacionamento, apresentar uma ética no amor, tomar iniciativa e ser criativo para realizar atividades a dois e fazê-las com tesão, planejar as pequenas e grandes ações do relacionamento, concretizar esses planejamentos a ponto de realizar a entrega, quer dizer, concluir o que prometeu e fazer de tal forma que o outro tenha orgulho de você; ainda falta um ponto: persistência.

Essas nove lições são para relacionamentos de longo prazo, namoros ou casamentos duradouros, porque o tempo e o contexto social trazem problemas que não dependem do que planejamos, ou mesmo desejamos. Porém se amamos, vale a pena persistir no relacionamento. Diante de problemas grandes, como uma perda financeira significativa, uma doença grave etc., é que medimos se somos fortes de enfrentar essas adversidades juntos. Porém, mais difícil do que enfrentar as dificuldades é conviver com o sucesso, vitórias e enriquecimento do outro quando não se é maduro. Parece estranho dizer isso, mas como psicólogo percebi diversas desavenças por causa disso. Atendi casais que iniciaram a vida a dois nas mesmas condições sociais e financeiras. Os dois se dedicaram muito para crescer financeiramente; mas um, por mais que trabalhasse, não cresceu financeiramente, mas o outro sim. O outro enriqueceu. Parece maravilhoso, mas foi por esse motivo que se iniciaram as brigas. Quem deu duro no trabalho, mas continuou ganhando pouco, mesmo não aceitando reconhecer a si próprio, passou a viver a mágoa de ver o outro trabalhar, às vezes até menos do que ele, porém ganhando muito mais. Essa mágoa não aparece no discurso, mas nas ações de contrariedade para viver as benesses que o dinheiro trouxe ao casal.  Na hora de sair, recusa-se porque não tem dinheiro, escolhe só o que é austero para não oportunizar o outro de viver a riqueza que conquistou com seu próprio trabalho. E quando o outro insiste, diz para ele fazer sozinho. Tem um ditado que diz, quando você está na “lama” sempre tem alguém que, por pena, te ajuda; mas só quem realmente é teu amigo fica contente em comemorar suas vitórias.

 

Mas quando se tem amor, e todos os outros pontos mencionados nas lições anteriores, vale a pena persistir e construir juntos uma vida de união. Não estrague um grande amor por problemas psicológicos que são apenas seus. Se reconhecer isso, procure ajuda, resolva e seja feliz. Um grande amor de longo prazo, mais cedo ou mais tarde a vida apresenta um grande problema, se valer a pena, persista, viva esse grande amor!

 

Psicólogo Flávio Melo Ribeiro
CRP12/00449

A Viver – Atividades em Psicologia desenvolveu programas psicoterapêuticos que possibilitam ser trabalhados em grupos e individual.
[email protected] (48) 9921-8811 (48) 3223-4386
Página no Facebook: Viver – Atividades em Psicologia

Canal no Youtube: Flávio Melo Ribeiro

 

Propaganda do ar

Como você avalia a gestão do Governo Marcos Rocha?

Compartilhe

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
airton

airton

Este site acompanha casos policiais. Todos os conduzidos são tratados como suspeitos e é presumida sua inocência até que se prove o contrário. Recomenda-se ao leitor critério ao analisar as reportagens. Nós usamos cookies em nosso site para oferecer a melhor experiência possível.

Para mais informações sobre e-mail
[email protected] whatsapp(69)984065272

Comentários

Com muito ❤ por go7.site