TRÁGICO: COLISÃO ENTRE DUAS CARRETAS E UM ÔNIBUS DEIXA UMA VÍTIMA FATAL NA BR-364

24x31 banner gov

blank

 

VILHENA – O grave acidente aconteceu na noite deste sábado, 11 de fevereiro, na BR-364, próximo a subestação da Eletrobras, área rural de Vilhena. Conforme apurado pela reportagem, o motorista da carreta Scania, modelo T113 4X2 360 de cor azul e placa AEO-3861/Ariquemes-RO e tinha como passageira, sua esposa, transitavam pela BR-364 sentido Porto Velho, quando foram atingidos frontalmente por outra carreta.

O motorista da carreta Volvo, modelo NL12 360 4X2T EDC de cor branca e placa MPQ-3112/Vilhena-RO transitava em alta velocidade pela BR-364 sentido Vilhena, quando iniciou ultrapassagem indevida ao ônibus Mercedes Bens, modelo Marco Polo Paradiso de cor branco e placa OGV-9653/Goiânia-GO da empresa Maia Transportes.

blank

Durante a ultrapassagem indevida, o motorista teria cochilado ao volante e ao tentar voltar para o seu lado da pista, fez com que o motorista do ônibus tivesse de tirar o veículo para fora, momento em que o motorista da carreta, retornou para contramão de direção e colidiu violentamente contra a carreta do casal de ariquemenses.

O motorista do ônibus, realizou uma manobra e conseguiu irar o mesmo para fora da pista, sem tombar e salvando assim, a vida de todos os passageiros.

Com a colisão entre as carretas, o motorista de Ariquemes acabou apresentando morte instantânea e ficado preso as ferragens e sua esposa, também presa as ferragens, apresentava traumatismo craniano e diversos ferimentos, além do estado de choque, sendo retirada do local, por homens do Corpo de Bombeiros e policiais militares.

blank

A esposa da vítima fatal foi encaminhada em estado grave ao pronto socorro do Hospital Regional através da unidade de resgate do Corpo de Bombeiros, juntamente com o motorista da outra carreta, que apresentava leves ferimentos.

A Polícia Rodoviária Estadual Militar (PRE) teria prendido o motorista que causou o acidente, uma vez que o mesmo, após o sinistro, tentou evadir-se do local a pé. Sendo assim, após perícia, a Polícia Rodoviária Federal (PRF) responsável pela rodovia, deverá apresentar o mesmo na Delegacia de Polícia Civil para as devidas providências.

Equipes do Corpo de Bombeiro realizam a retirada do corpo do motorista enquanto a equipe da Polícia Técnico-Cientifica (Politec) realiza a perícia no local dos fatos.

Não há horário certo para a liberação total da via, uma vez que, as cargas e destroços das carretas encontram-se espalhadas nos dois lados da rodovia.

Fonte: Rota Policial News

 

Publicado por Richard Nunes

DRT – 1613/RO

24x31 banner gov

Compartilhe

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
airton

airton

Este site acompanha casos policiais. Todos os conduzidos são tratados como suspeitos e é presumida sua inocência até que se prove o contrário. Recomenda-se ao leitor critério ao analisar as reportagens. Nós usamos cookies em nosso site para oferecer a melhor experiência possível.

Para mais informações sobre e-mail
[email protected] whatsapp(69)984065272

Comentários

Com muito ❤ por go7.site