ÁUDIO: CASAL QUE DIZIA SER DONO DE AGÊNCIA DE MODELOS É PRESO POR ESTUPRAR MULHERES EM RITUAL SATÂNICO EM MOTÉIS NA CAPITAL

24x31 banner gov

 

Um casal foi preso na manhã deste último sábado (04), sob a acusação de estuprar mulheres em um ritual satânico, que era realizado em suítes de motel na capital de Rondônia. Eles atraíam as vítimas se passando por proprietários de agência de modelos. Pelo menos 4 ocorrências foram registradas contra  a dupla.

As investigações, realizadas pela Delegacia de Atendimento a Mulher (DEAM), começaram a partir do dia 25 de fevereiro do mês passado, quando pelo menos quatros mulheres já haviam ( jovens e adolescentes), registrado ocorrências de estupros contra o casal e relataram como ocorria o crime.

Segundo as vítimas, elas com o sonho de tornarem-se modelos, primeiramente faziam contato com a suspeita por telefone, e após marcarem um local para se encontrarem eram levadas de motocicleta ou de carro para um local onde o suspeito estava. Neste momento, as vítimas tinham os olhos vendados e depois de serem ameaçadas eram levadas para motéis da capital e estupradas em um ritual satânico. Com um giz, o casal fazia uma estrela no chão e acendia velas pretas ao redor. Em seguida, a mulher retirava as roupas da vítima e o homem praticava os abusos sexuais. Os objetos utilizados pelos suspeitos durante os crimes foram apreendidos.

O suspeito, que tem 34 anos é casado e possui relação extraconjugal com a mulher de 21 anos. Ela foi presa no município de Candeias do Jamari e o homem em Porto Velho. A Dr° Marcia Gazoni – delegada responsável pelo caso, acredita que existam mais vítimas e que estas deverão denunciar o caso na Delegacia de Atendimento a Mulher. Os anúncios do casal que se dizia dono de agências de modelos e até mesmo de empregos eram divulgados através das redes sociais. Eles foram identificados como  Paulo M. Macedo e Josimara Cavalcante.

Por Richard Nunes

DRT – 1613/RO

Fonte: ALERTA RONDÔNIA

24x31 banner gov

Compartilhe

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
airton

airton

Este site acompanha casos policiais. Todos os conduzidos são tratados como suspeitos e é presumida sua inocência até que se prove o contrário. Recomenda-se ao leitor critério ao analisar as reportagens. Nós usamos cookies em nosso site para oferecer a melhor experiência possível.

Para mais informações sobre e-mail
[email protected] whatsapp(69)984065272

Comentários

Com muito ❤ por go7.site