Na 18ª noite da “Operação Prevenção” equipes flagram bares e boates lotados e pessoas sem máscara na madrugada

24x31 banner gov
blank

O Governo de Rondônia, por meio da Secretaria de Estado da Segurança, Defesa e Cidadania (Sesdec), realizou nesta quarta-feira (2), a 18ª noite da “Operação Prevenção” na área urbana de Porto Velho.

As atividades são coordenadas pelo Corpo de Bombeiros Militar (CBMRO), com apoio de órgãos parceiros. De acordo com o comandante da operação Major BM Mário Vergotti, “o objetivo é garantir o cumprimento do Decreto nº 26.038, de 23 de abril de 2021. Grande parte da população está cumprindo as normas, mas alguns bares e boates ainda precisam de uma atuação mais repressiva”, destacou o comandante.

O grupo se dividiu em duas equipes que seguiram um roteiro de fiscalização nas zonas Leste, Sul e Norte da Capital.

Na região Central, alguns proprietários de bares foram orientados por estarem descumprindo o decreto e uma conveniência foi notificada por vender bebida alcoólica sem autorização. De acordo com o ato normativo a comercialização de bebidas alcoólicas é proibida a partir das 23h, até as 6h, independente do dia da semana.

blank

Objetivo é garantir o cumprimento do Decreto nº 26.038

Na zona Sul, um bar que funciona ao ar livre na área do Kartódromo de Porto Velho e uma boate na zona Norte, foram lavrados Termos Circunstanciados de Ocorrência (TCOs) devido a grande aglomeração que foi dispersada. Só em uma das boates tinham mais de 300 pessoas, a maioria sem máscara, contrariando o decreto governamental e as orientações sanitárias de combate ao coronavírus.

As equipes também atenderam denúncias feitas pela população e fizeram visita surpresa em alguns estabelecimentos comerciais que foram notificados e orientados.

RESULTADOS

Em quase 5 horas de fiscalização, foram visitados 40 estabelecimentos comerciais, com 52 ações realizadas:

  • estabelecimentos sem funcionamento – 17;
  • estabelecimentos em condições de funcionamento de acordo com o decreto estadual – 21;
  • receberam orientações – 4;
  • foram notificados – 3;
  • com aglomeração de pessoas, ultrapassando a capacidade de 30% – 5;
  • TCOs lavrados – 2.

DENÚNCIAS

O cidadão pode colaborar, utilizando os canais de comunicação por meio do 190 (PM), 193 (CBM) e o 197 (PC), para denunciar possíveis irregularidades contra o decreto em vigor, podendo ser anônima ou com identificação, mantendo identidade em sigilo.

24x31 banner gov

Compartilhe

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Almi Coelho

Almi Coelho

Este site acompanha casos policiais. Todos os conduzidos são tratados como suspeitos e é presumida sua inocência até que se prove o contrário. Recomenda-se ao leitor critério ao analisar as reportagens. Nós usamos cookies em nosso site para oferecer a melhor experiência possível.

Para mais informações sobre e-mail
[email protected] whatsapp(69)984065272

Comentários

Com muito ❤ por go7.site