CASO JÉSSICA: PC encontra bicicleta e camisas sujas de sangue dentro de poço

24x31 banner gov

No começo da noite desta quarta-feira, 26, uma equipe do Corpo de Bombeiros da cidade de Cerejeiras entrou no poço onde Diego um dos envolvidos no caso da morte de Jéssica, disse que tinha jogado a bicicleta da adolescente assassinada na última quinta-feira, 20, pelo então namorado dela Ismael Silva, de 30 anos.

No poço que tem uma profundidade considerável e cerca de três metros de água, foi encontrada a bicicleta desmontada e duas camisas sujas de sangue, conforme descreveu Diego ao delegado.

O trabalho intensivo de investigação comandado pelo delegado da Polícia Civil em Cerejeiras, Rodrigo Spiça com apoio dos policiais civis e do delegado Regional Fábio Campos, resultou na prisão do suspeito Ismael e seu primo Diego.

Após desvendar o assassinato da adolescente em apenas 4 dias e levar os suspeitos a prisão, mesmo sendo temporária até que provas sejam colhidas, a polícia deu reposta rápida a sociedade cerejeirense de mais um crime esclarecido em um curto espaço de tempo.

Juntadas as provas contra os suspeitos, o inquérito será enviado para o Ministério Público (MP), onde caberá ao Promotor de Justiça acatar ou não a denúncia contra eles.

Jovem confessa traição em 'jogo da fidelidade' e é esfaqueada pelo namorado em RO

 

blank

24x31 banner gov

Compartilhe

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
airton

airton

Este site acompanha casos policiais. Todos os conduzidos são tratados como suspeitos e é presumida sua inocência até que se prove o contrário. Recomenda-se ao leitor critério ao analisar as reportagens. Nós usamos cookies em nosso site para oferecer a melhor experiência possível.

Para mais informações sobre e-mail
[email protected] whatsapp(69)984065272

Comentários

Com muito ❤ por go7.site