domingo, abril 14, 2024
25 C
Porto Velho
domingo 14, abril, 2024
- Publicidade -
INFRAESTUTURA GOV RO  05.04.2024 PROG VENC

HOMEM DE 77 ANOS MORRE EM CASA E CERTIDÃO DE ÓBITO VIRA CASO DE POLÍCIA

Mais lidos

Um senhor de 77 anos, morador da zona rural do município de Alto Paraíso, morreu de causas naturais, em sua casa, na manhã desta quinta-feira (19/01).

 

Segundo familiares, o idoso estava doente, com problemas respiratórios e morreu em seu quarto. Ao constatarem o óbito, acionaram uma funerária do município para cuidar dos serviços burocráticos e deixar o corpo pronto para o velório.

 

Como de praxe nestes casos, o Agente Funerário levou o corpo ao Hospital de pequeno porte do município, esperando que fosse fornecido o atestado de óbito, pois conforme os familiares do falecido, a causa da morte teria sido natural, porém, o médico que estava de plantão se recusou a emitir o documento, alegando que não sabia qual a causa da morte do falecido.

 

Com a intenção de agilizar o processo, o Agente acionou a Polícia Militar. Foi acionada a perícia técnica, que se recusou ir até o Hospital do município, pois o corpo já havia sido removido do local do óbito, sendo irrelevante o trabalho pericial.

 

Diante do caso, foi feito contato com o delegado plantonista da polícia Civil em Ariquemes, sendo necessário o deslocamento do agente com o corpo até a delegacia de polícia de Ariquemes.

 

Na delegacia, o Agente Funerário disse que não verificou nenhum indício de prática criminosa, razão pela qual teria removido o corpo do local. 

 

O delegado determinou a realização de laudo tanatoscópico, para apurar a causa de morte do idoso, liberando-o para os procedimentos fúnebres. Foi pedido também, explicações por escrito do Hospital.

 

 

Da redação do Alerta Rondônia

 

- Publicidade -
CAMPANHA TRANSPARÊNCIA- PNA 13.04.2024 BANNER 970X250
- Publicidade -
CAMPANHA TRANSPARÊNCIA- PNA 13.04.2024 BANNER 300X250

Você pode gostar também!

Feito com muito 💜 por go7.com.br
Pular para o conteúdo