IDENTIFICADAS AS MULHERES QUE MORRERAM EM ACIDENTE COM TEORI

24x31 banner gov

O hoteleiro Emiliano, proprietário do avião que caiu na tarde de ontem (19) no litoral de Paraty, no sul fluminense, divulgou uma nota à imprensa, informando que as duas mulheres que estavam na aeronave eram Maira Ilda, de 23 anos, e sua mãe Maria Ilda, de 55 anos. De acordo com a nota, Maira era massoterapeuta e prestava serviço a Carlos Alberto Fernandes Filgueiras, empresário e dono do grupo hoteleiro, que também estava na aeronave.

A mãe era professora de educação infantil e veio de Juína, no Mato Grosso, para visitar a filha em São Paulo. Carlos Alberto, segundo a nota do grupo Emiliano, as convidou para o fim de semana em Paraty. “O Grupo Emiliano registra seus sentimentos e condolências para a família e amigos. E informa que está prestando apoio e informações aos familiares”, diz a nota.

Resgate

O Corpo de Bombeiros resgatou os últimos dois corpos que estavam presos à fuselagem do avião que caiu na tarde de ontem no litoral de Paraty, no sul fluminense. De acordo com os bombeiros, um homem e uma mulher foram retirados na manhã de hoje (20) dos destroços submersos do avião pelas equipes de resgate.

As outras três vítimas do acidente, que também estavam no avião, entre elas o ministro do Supremo Tribunal Federal (STF) Teori Zavascki, já haviam sido resgatadas no início da madrugada de hoje e levadas para o Instituto Médico Legal do município vizinho de Angra dos Reis.

Abertura de inquérito

O Ministério Público Federal e a Polícia Federal estão investigando o acidente. A Procuradoria da República em Angra dos Reis abriu inquérito para investigar as causas do acidente e já pediu documentos à Agência Nacional de Aviação Civil (Anac) e à Aeronáutica, relativos à manutenção da aeronave, e também as gravações das conversas entre o piloto e a torre de controle do aeroporto de Paraty.

Os agentes e procuradores estão colhendo depoimentos de testemunhas.

Fonte: Agência Brasil

24x31 banner gov

Compartilhe

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
airton

airton

Este site acompanha casos policiais. Todos os conduzidos são tratados como suspeitos e é presumida sua inocência até que se prove o contrário. Recomenda-se ao leitor critério ao analisar as reportagens. Nós usamos cookies em nosso site para oferecer a melhor experiência possível.

Para mais informações sobre e-mail
[email protected] whatsapp(69)984065272

Comentários

Com muito ❤ por go7.site