Taxista sequestra ex-esposa e realiza fuga alucinaria na BR-364, fura dois bloqueios e é preso

24x31 banner gov

Uma ocorrência policial de cárcere privado foi registrada na madrugada deste domingo (23), na cidade de Ariquemes. Um taxista identificado como Cleiton V.R.L de 25 anos foi preso.

De acordo com as informações, o taxista pegou sua ex-mulher de 24 anos de idade, em uma conhecida casa de shows local, e dando um soco e batendo a cabeça da vitima na coluna da janela de seu veiculo Fiat Siena, veio a desacordar a vitima e iniciou a fuga alucinaria sentido Br-364 à Porto Velho.

Um casal de amigos da vitima, acionou uma guarnição da Policia Militar que passava pelo local, e contou-lhes o fato ocorrido, momento em que a vitima ligou para a amiga e a todo o momento pedia por socorro, momento que o suspeito tomou o aparelho e gritou com a mesma, “vou te matar sua v…, sua p… e depois vou me matar”.

Com o apoio das outras guarnições, foi iniciada a procura pelo referido veiculo, mas sem sucesso, ao se deslocarem até o Posto da PRF e solicitando apoio, parou um veiculo e perguntado sobre se teria avistado o veiculo, o mesmo, informou que sim informando o local.

O veiculo foi encontrado parado as margens da Rodovia BR-364 na altura do quilometro 05, sentido a cidade de Porto Velho, na tentativa de abordagem, foi percebido que a vitima estava deitada no banco do carona, e não obedecendo a ordem policial, o suspeito empreendeu fuga sentido de volta á cidade de Ariquemes, as patrulhas iniciaram o acompanhamento tático do veiculo, que chegou a atingir 170km/h, uma barreira policial foi feita no Posto da PRF, mas o suspeito avançou contra as guarnições e prosseguiu a fuga, outra barreira policial foi feita na entrada da BR-421, mais uma vez o suspeito avançou contra as guarnições e prosseguiu a fuga, passando pela cidade de Ariquemes, tomou rumo a cidade de Jaru.

O suspeito após a cidade de Ariquemes chegou aos picos de 190 km/h, em um dado momento o mesmo tentou jogar o veiculo contra a Patrulha Bravo no intuito de a viatura capotar e interromper o acompanhamento tático. Na altura do Km 454 da rodovia, uma guarnição conseguiu passar na frente do veiculo e avistou que a vitima continuava viva e a todo o momento acenava e pedia por socorro, foi possível ouvir os gritos do suspeito dizendo que iria jogar o veiculo contra outro veículo na rodovia para os dois morrer juntos.

No intuito de evitar o pior, e resguardar a vida de ambos no veiculo, foi feito dois disparos usando uma submetralhadora. 40, visando acertar o pneu, no qual obteve êxito, o disparo acertou o pneu esquerdo traseiro, mas mesmo assim, o suspeito na se intimidou e prosseguiu a fuga por mais três quilômetros, momento que o pneu se desfez, ficando apenas o aro e o suspeito parou no veiculo e se entregou, foi dada voz de prisão ao mesmo e algemado.

O crime de cárcere privado contra uma ex-esposa pode obter pena de um a cinco anos de reclusão, pelo crime de Ameaça, art. 147 do CP, Direção perigosa, conforme dispõe o art. 175 do Código de Trânsito Brasileiro e o crime de desobediência, conforme prevê o Art. 330 do Código Penal.

A vítima foi socorrida ao hospital de Ariquemes com algumas lesões, mas não há risco de morte. O suspeito e o veiculo juntamente com uma faca tipo serra, foram encaminhado para a Central de Flagrantes para as medidas cabíveis.

Fonte: Alerta Rondônia

24x31 banner gov

Compartilhe

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
airton

airton

Este site acompanha casos policiais. Todos os conduzidos são tratados como suspeitos e é presumida sua inocência até que se prove o contrário. Recomenda-se ao leitor critério ao analisar as reportagens. Nós usamos cookies em nosso site para oferecer a melhor experiência possível.

Para mais informações sobre e-mail
[email protected] whatsapp(69)984065272

Comentários

Com muito ❤ por go7.site