CARNAVAL NA JATUARANA: ARRASTÃO EM LOJA, PORTE DE ARMA, DENTRE OUTROS CRIMES RESULTA EM 12 PESSOAS DETIDAS

24x31 banner gov

Durante a noite de segunda-feira (27), e a madrugada desta terça-feira (28), pelo menos 12 foliões foram encaminhados para a Central de Flagrantes ao serem flagrados cometendo diferentes crimes enquanto ocorria e depois do desfile de um bloco carnavalesco na Avenida Jatuarana, Zona Sul de Porto Velho/RO.

PORTE ILEGAL DE ARMA

Conforme as informações apuradas pelo site Alerta Rondônia, os jovens identificados como Jeferson Rodrigo Ferreira da Silva, 21 anos e Edson Pinheiro Alves, 18 anos, foram presos pelo crime de porte ilegal de arma de fogo. Jeferson foi flagrado com um revólver calibre 38 e Edson portava uma pistola bereta calibre 22. As prisões ocorreram durante o desfile do bloco, mas em momento distintos.

ARRASTÃO EM LOJA DE CONFECÇÕES

Cinco jovens com idade entre 18 e 22 anos, foram presos e um adolescente de 17 anos, apreendido após quebrarem a porta de blindex da Big Lojas, localizada na Av. Jatuarana, e praticarem um verdadeiro arrastão. Os seis foram interceptados com várias peças de roupas furtadas do estabelecimento comercial.

FURTO A PESSOA

O jovem identificado como Raunei Jander Barroso Vieira, 18 anos, foi preso após furtar o aparelho celular de uma mulher de 44 anos.

DESACATO

Gabriel Elias Costa, 25 anos, foi preso por xingar policiais militares que realizavam a dispersão dos foliões após o término do desfile.

POLUIÇÃO SONORA E DESOBEDIÊNCIA

Dois homens de 37 e 33 anos também acabaram presos posteriormente, sendo um por poluição sonora e o outro pelo crime de desobediência.

Todas as 12 pessoas foram encaminhadas para a Central de Flagrantes e ficaram a disposição da Justiça.

Por Richard Nunes

DRT – 1613/RO

Fonte: Alerta Rondônia

24x31 banner gov

Compartilhe

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
airton

airton

Este site acompanha casos policiais. Todos os conduzidos são tratados como suspeitos e é presumida sua inocência até que se prove o contrário. Recomenda-se ao leitor critério ao analisar as reportagens. Nós usamos cookies em nosso site para oferecer a melhor experiência possível.

Para mais informações sobre e-mail
[email protected] whatsapp(69)984065272

Comentários

Com muito ❤ por go7.site