NO DIA DA SÍNDROME DE DOWN, EQUIPE DO CER COMEMORA AVANÇOS COM PACIENTES

24x31 banner gov

O Centro Especializado em Reabilitação (CER) de Vilhena comemorou o Dia Internacional da Síndrome de Down nesta terça-feira, 21.

Os profissionais que lidam com esses pacientes falaram dos avanços que alguns tiveram nos últimos anos e comentaram a experiência social de conviver com os portadores da síndrome.

O CER conta com três fonoaudiólogos, seis fisioterapeutas, três psicólogos e uma terapeuta ocupacional que atendem cerca de 10 pacientes com Down.

O conjunto multiprofissional garante aos pacientes o tratamento em diversas áreas e possibilita a criação de um vínculo social entre eles. A fono Ana Luiza conta que já teve experiências marcantes com os pacientes. “Atendi um bebê de um ano que não se alimentava direito. Gradualmente ele passou da mamadeira aos alimentos sólidos e hoje consegue ter uma alimentação mais ampla”, comentou satisfeita.

Além de Ana Luiza, outros profissionais contaram que os portadores da síndrome são amorosos e dão valor aos abraços e beijos, motivando a própria equipe a multiplicar esse carinho e intensificar os tratamentos.

Alexandre Rodrigues Costa tem 11 anos e é um dos pacientes do CER. Há quase três anos visitando a unidade pelo menos uma vez por semana, ele já passou por diversos profissionais. A mãe de Alexandre, Elizangela Rodrigues, comemorou os avanços que o filho teve depois que iniciou o tratamento e elogiou a equipe. “Ele se comunica bem melhor e tem hoje um convívio social”. A fonoaudióloga ressaltou que no início, Alexandre não tinha oralidade nem intensão comunicativa, diferente de hoje que ele já apresenta uma evolução evidente.

Uma das prioridades citadas pelo secretário de saúde, Marco Aurélio Vasques, foi a capacitação dos servidores desta área. No fim do ano passado, a psicóloga Bárbara Darlizen passou por um curso à distância pela USP em parceria com o Hospital das Clínicas em São Paulo sobre Atualização Profissional ao Cuidado à Pessoa com Síndrome de Down.

Os conhecimentos adquiridos por ela serão repassados aos pais na próxima sexta-feira, 24. Outra profissional que passou por um treinamento foi a terapeuta Sueli Sati, que participou de um curso sobre deficiência intelectual que abrange os pacientes com a síndrome. “Foi de grande valia. Ganhamos embasamento para lidar com eles”, disse Sueli.

Os pacientes portadores desta síndrome apresentam alteração cromossômica, o que os dá características únicas, mas todos têm alta capacidade de bom desenvolvimento a partir de tratamentos como o que o CER oferece. Alexandre e outros pacientes têm demonstrado melhoras em diversos pontos após a entrada na unidade e a equipe comemorou todos os avanços no Dia Internacional da Síndrome de Down.

A prefeita Rosani Donadon lembrou da paixão que tem pela área social e parabenizou os profissionais. “O amor que eles têm pelo que faz ajudam no tratamento. Este é um trabalho lindo”, completou.

Postado por Izabella Coelho – DRT 1587/RO
Fonte: Assessoria 

 

blank

24x31 banner gov

Compartilhe

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
airton

airton

Este site acompanha casos policiais. Todos os conduzidos são tratados como suspeitos e é presumida sua inocência até que se prove o contrário. Recomenda-se ao leitor critério ao analisar as reportagens. Nós usamos cookies em nosso site para oferecer a melhor experiência possível.

Para mais informações sobre e-mail
[email protected] whatsapp(69)984065272

Comentários

Com muito ❤ por go7.site