sexta-feira, abril 19, 2024
27 C
Porto Velho
sexta-feira 19, abril, 2024
- Publicidade -
Banner Dengue governo 06.04.2024

REFLEXÕES E USO DA TECNOLOGIA OU METODOLOGIA

Mais lidos

*Ana Regina Caminha Braga

O repensar da atuação do professor em sala de aula, a participação eficaz do aluno e a aprendizagem significativa da turma atualmente perpassa pela presença da tecnologia e/ou novas práticas. E como a escola está posicionada ou qual nosso papel como educadores no momento?

 

A realidade institucional por regiões no Brasil é peculiar de cada um e as habilidades e limitações são inúmeras e precisam ser trabalhadas e pensadas. Outra questão é a verba destinada pelos órgãos públicos educacionais e como este investimento pode ser utilizado nas escolas com a biblioteca, multimídia, materiais, formação dos professores e outros.

 

Desta forma, a responsabilidade e a atuação do professor vão além, muitas vezes das condições sociais, econômicas da realidade do aluno, mas é preciso compreender o público, o ser atendido, as peculiaridades para as ações serem traçadas. Se aqui a discussão é visualizar o posicionamento da escola e a inserção da tecnologia é preciso destacar que o eixo de todo o trabalho é o objetivo a ser atingido como aprendizado do aluno.

 

Nesse pensamento é possível levantar um diálogo sobre a participação do aluno e a prática docente, pois não é utilizar somente uma ferramenta tecnológica, mas conhecer a teria e mediar com a prática. Por isso, o professor deve ter um acompanhamento com os desafios e uma formação continuada com o apoio dos colegas da escola e órgãos da Educação.

 

Sendo assim, o pensamento precisa mudar por parte do professor em atualiza-se pedagogicamente e com as estratégias e recursos adequados, de acordo com o perfil não apenas do aluno e também do professor, no entanto, o trabalho está pautado em resultados e quanto mais inseridos estiverem as práticas, melhor será o desenvolvimento e aprendizado do aluno.

 

As novas metodologias chegaram com a(o): salas de aula invertida, peer instruction, class rotation e o simulation learning; e a aplicabilidade de cada uma está ligada a motivação, estudo, pesquisa e envolvimento do professor-escola-aluno-sociedade.

 

*Ana Regina Caminha Braga (https://anareginablog.wordpress.com/) é escritora, psicopedagoga e especialista em educação especial e em gestão escolar.

 

Bruna Bozza
P+G Comunicação Integrada

 

 

- Publicidade -
INFRAESTUTURA GOV RO  05.04.2024 PROG VENC
- Publicidade -
CAMPANHA TRANSPARÊNCIA- PNA 13.04.2024 BANNER 300X250

Você pode gostar também!

Feito com muito 💜 por go7.com.br
Pular para o conteúdo