Confira: reportagem da FOLHA evita ação de improbidade do MP contra prefeita de Vilhena

24x31 banner gov

Em ofício enviado à prefeita de Vilhena, Rosani Donadon (PMDB), o promotor Fernando Franco Assunção, da Curadoria da Probidade do MP local, destacou as penalidades que poderiam ser sofridas por ela, caso fosse mantida a nomeação do ex-vereador Pedro Panta.

A polêmica nomeação do ex-parlamentar só veio a público porque foi veiculado nesta mídia. Na reportagem sobre o caso, o site destacou a condenação de Panta, que chegou a ser preso, acusado de embolsar parte do salário de uma assessora.

O promotor destacou que a efetivação da contratação sujeitaria a prefeita a eventual condenação por improbidade administrativa. Resumindo: se o site que os aliados de Rosani consideram “de oposição” não tivesse dado o alerta, ela teria incorrido em prática ilegal.

Já em relação a outras nomeações igualmente irregulares e também publicadas pela FOLHA, Rosani não deverá ter a mesma sorte, pois as ilegalidades já foram consumadas.

DESISTIU

Dias após a repercussão negativa do episódio, o próprio Panta abriu mão do salário de R$ 4.500 como assessor da Secretaria Municipal de Saúde, livrando a também si próprio de novos aborrecimentos na justiça.

Com a desistência do próprio indicado e sob críticas da opinião pública, Rosani acabou assinando outro decreto anulando a nomeação.
Leia aqui, na íntegra, os argumentos do MP sobre o caso. Abaixo, cópia da nomeação.

blank

24x31 banner gov

Compartilhe

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
airton

airton

Este site acompanha casos policiais. Todos os conduzidos são tratados como suspeitos e é presumida sua inocência até que se prove o contrário. Recomenda-se ao leitor critério ao analisar as reportagens. Nós usamos cookies em nosso site para oferecer a melhor experiência possível.

Para mais informações sobre e-mail
[email protected] whatsapp(69)984065272

Comentários

Com muito ❤ por go7.site